Almanaque do Rio dos Sinos apresenta dados históricos e científicos

03/12/2011

Partindo da ideia de que o homem só preserva o que conhece, o Grupo Editorial Sinos, em parceria com o programa de pós-graduação (PPG) em Biologia da Unisinos e o Instituto Martim Pescador, reuniu numa publicação inédita informações históricas e científicas sobre os 190 quilômetros de extensão do manancial mais importante da região. É o Almanaque do Rio dos Sinos: uma coletânea de 92 páginas desenvolvida para orientar escolas, universidades e entidades dos 32 municípios da bacia hidrográfica no trabalho de ensino e conscientização ambiental.

“Esse projeto segue dentro da filosofia de preservação do Rio dos Sinos mantida por todos os nossos veículos de comunicação. Por ser um material muito rico para pesquisa, também conseguirá levar aos estudantes uma imagem real da biodiversidade do Sinos’’, comenta o diretor-executivo do Grupo Sinos, Fernando Alberto Gusmão. Outras personalidades, algumas também protagonistas na criação da obra, da mesma forma destacaram o valor da coletânea lançada ontem.

Lançamento - Na tarde de ontem, o conteúdo foi apresentado à comunidade e autoridades da região pelo diretor superintendente de Negócios do Grupo Editorial Sinos, Marcus Klein (foto). No evento, ocorrido no auditório do complexo tecnológico da Unisinos (Unitec), ainda foram prestadas homenagens aos 17 biológos da universidade, responsáveis pela ficheiro especial do Almanaque.

TAGS: Rio,Sinos,ppg,almanaque,científicos